O que procura em "O PIRAQUARENSE"

quarta-feira, 24 de julho de 2019

Policial civil transtornado invadiu casa no Iguaçu e foi contido por guardas municipais de Araucária

O policial, que atualmente está afastado do serviço operacional, trabalha no setor administrativo do COPE, em Piraquara, e mas reside em Araucária


A manhã de terça-feira, 23 de julho, começou agitada em Araucária. Por volta das 7h30, a Guarda Municipal foi acionada para atender uma ocorrência em frente a um hotel na avenida Victor do Amaral, onde um cidadão em surto teria abandonado um veículo Fiat Uno, com uma das rodas quebrada, depois entrado no hotel gritando, assustando as pessoas. O homem teria saído do estabelecimento, entrado em um ônibus, onde também apavorou muita gente, depois saiu do coletivo e entrou em outro hotel na avenida, sempre aos gritos.

Da mesma forma, saiu deste hotel e seguiu a pé pela avenida Manoel Ribas, em direção à rotatória do jardim Santa Regina. Quando os GMs chegaram na avenida, vistoriaram o veículo e encontraram no seu interior um colete da Polícia Civil, um carregador municiado de calibre 380, e vários outros pertences, como roupas, calçados, garrafas e papéis.

Minutos depois, uma segunda chamada chegou à central da GMA, e desta vez um homem em surto estaria invadindo algumas residências na rua Santa Catarina, pulando muros, andando pelos telhados, quebrando telhas. Quando a viatura chegou ao local, o cidadão estava em cima do telhado e um dos guardas subiu para tentar conter o homem, posteriormente identificado como investigador da Polícia Civil. No entanto, ele estava tão alterado, que acabou ferindo o GM após atingi-lo com uma telha na cabeça. O guarda teve que usar a arma não letal Spark (antiga Teaser), na tentativa de imobilizar o policial, já que a essas alturas, os dois tinham entrado em luta corporal, e havia o risco de caírem do telhado. Porém, o homem estava tão agitado que a arma não fez efeito, sendo assim, o GM se obrigou a usar uma arma letal e o atingiu na altura do joelho.

Ainda assim, o policial se jogou do telhado, mas graças aos arbustos do jardim, não se feriu na queda. O policial, que atualmente está afastado do serviço operacional, trabalha no setor administrativo do COPE, em Piraquara, e mas reside em Araucária, foi conduzido ao Hospital Municipal de Araucária, onde passou por cirurgia. O guarda municipal agredido com a telha também foi levado ao HMA, onde realizou uma ressonância e recebeu sete pontos no ferimento.

Fonte Texto O Popular

CLIQUE E SAIBA QUANDO SAIRÁ O PRÓXIMO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opnião