O que procura em "O PIRAQUARENSE"

sexta-feira, 28 de junho de 2019

UPA Piraquara poderá ser inaugurada nos próximos dias.

Contrato tem valor aproximado de R$ 10.128.000,00 (dez milhões cento e vinte oito mil reais) por ano 

Em uma reunião bastante demorada ontem (27) saiu o nome da empresa que gerenciará a UPA Piraquara.

Um certame licitatório onde 5 (cinco) empresas, Instituto ACQUA, protocolado no dia 25 de abril de 2019; INVISA – Instituto Vida e Saúde, protocolado no dia 26 de abril de 2019; ISEC – Instituto de Saúde Educação e Comércio, protocolado no dia 02 de maio de 2019; INCS – Instituto Nacional de Ciências da Saúde, protocolado no dia 02 de maio de 2019, e PRÓ-SAÚDE – Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, protocolado no dia 03 de maio de 2019 mostraram interesse em aprestar propostas de custo relativo ao gerenciamento da UPA Piraquara e somente o INCS – Instituto Nacional de Ciências da Saúde apresentou Documentação relativa a sua habilitação e a proposta de preços demonstrando interesse em gerenciar o equipamento de saúde de Piraquara.

De acordo com informações levantadas pelo O Piraquarense a cidade de Piraquara reembolsará um valor aproximado de R$ 10.128.000,00 (dez milhões cento e vinte oito mil reais) por ano, ou seja aproximadamente R$ 844.000,00 (oitocentos e quarenta e quatro mil reais) mensais ao INCS.

INCS – Instituto Nacional de Ciências da Saúde já e conhecido na RMC, atualmente gerencia a UPA Pinhais e a UPA CIC em Curitiba.

Clique e peça nosso contato
Os Piraquarenses poderão contar com este equipamento tao logo seja assinado o Contrato de Gestão, o que poderá acontecer em menos de dez dias conforme preconizam as leis regulatórias da licitação e seu Edital somando-se a isso o prazo para a seleção e contratação dos profissionais que ali trabalharão. 

O Piraquarense acredita que entre 50 (cinquenta) e 60 (sessenta) dias a Prefeitura de Piraquara poderá anunciar a inauguração da tão esperada UPA. E os que nela esperam trabalhar aguardem informações deste BLOG e dos meios oficiais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opnião