O que procura em "O PIRAQUARENSE"

sábado, 15 de setembro de 2018

Corte de cabelo para os pacientes do Hospital San Julian

Semanalmente, os educadores sociais exercem uma atividade importante na rotina: fazem cortes de cabelo nos adolescentes internados. A atividade, que à primeira vista pode parecer simples, se faz carregada de vários significados importantes no tratamento da dependência química.

Vários adolescentes chegam ao hospital provenientes de diferentes contextos, inclusive de situação de rua, em que o autocuidado não é atividade possível e muitas vezes também não é significativa. O objetivo principal dessa ação de cortes de cabelo é favorecer o aumento da autoestima positiva dos adolescentes, em uma tentativa de resgate de respeito e amor próprio. Após o corte, é visível pela equipe o maior interesse dos pacientes em cuidar do próprio corpo, penteando e estilizando o cabelo, reconhecendo a imagem que veem no espelho como merecedora de cuidado.

O autocuidado faz parte de hábitos que alguém exerce em busca de seu bem-estar, e que resulta em saúde. Além disso, uma imagem mais ajustada socialmente facilita a reinserção social e, portanto, o envolvimento em ocupações do dia-a-dia como o estudo e o trabalho.

Esse projeto, realizado pelos educadores sociais Arlindo Proença, Matheus Custódio e Alexandre Pedroso, contribui para a aproximação com os adolescentes, fortalecendo o vínculo e transparecendo o respeito e a valorização aos pacientes e mostrando que os educadores também estão ali para dar afeto e cuidado.

A equipe da Unidade Rached do Hospital San Julian entende que é preciso que o adolescente aprenda e goste de cuidar do próprio corpo para também cuidar da mente e da espiritualidade, visando à mudança de hábitos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opnião