O que procura em "O PIRAQUARENSE"

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Segurança Para as Mulheres

Por: Valéria Nagy 
Mulheres têm fama de serem distraídas e descuidadas quando o assunto é segurança. Para evitar isso, é importante seguir algumas dicas de como se prevenir dos ataques dos espertos de plantão.

Talvez o assunto seja recorrente, mas é sempre importante repeti-lo. Andar nas ruas é tarefa que exige atenção e desconfiança. Assaltantes, trombadinhas e gente mal intencionada em vários aspectos são o que não falta por aí. E as mulheres são, indubitavelmente, os alvos desses mal intencionados, principalmente porque elas fazem uso de um acessório que pode trazer muitos lucros a eles: a bolsa.

Sejamos sinceros, há sim, muitas mulheres que não dão muita atenção à bolsa quando andam na rua, tornando presas fáceis para os bandidos, que estão sempre adaptando seus métodos de ataque. Muitos conseguem abrir uma bolsa, mexer e tirar o que quer, sem que a mulher sequer perceba que isso ocorreu. E pior: fazem isso com a bolsa nos ombros da vítima. Como ela não percebe isso? Porque os assaltantes têm a capacidade sorrateira e tomam muito cuidado nos movimentos, sendo quase invisíveis e imperceptíveis. Resultado: quando a vítima percebe que foi roubada, já é tarde demais.

Fique Esperta! Orientações Que Você Deve Seguir

Existem ainda outras situações que tornam as mulheres vulneráveis aos ataques dos ardilosos. E, para ajudá-las a não arcarem com prejuízos indesejados, vão algumas dicas.

Bolsas: elas estão cada vez maiores, com mais bolsos e, consequentemente, recheio. Evite colocar objetos desnecessários na bolsa, que fazem volume e chamam a atenção. Ande com ela junto ao corpo e segure-a firmemente, assim, você facilmente perceberá se alguém estiver tentando abri-la.

Celular: essa dica vale para todos. Evite usar o celular na rua e, principalmente, falar no celular enquanto anda. Isso chama a atenção, faz com que o aparelho seja bastante visível e torna o ato do roubo fácil. Procure usá-lo em locais fechados e enquanto estiver parado.

Joias: nem é preciso dizer que andar nas ruas com joias é chamariz para assalto. Evite também as semi-joias ou bijuterias que pareçam verdadeiras. Além de chamar a atenção, a abordagem do bandido pode tornar-se mais violenta.

Quando perceber que alguém a está observando, não esconda que você notou. Isso inibe a ação do bandido, pois eles atuam com o elemento-surpresa, o susto. Procure andar em companhia de mais pessoas e, quando não é possível, fique o mais próximo de outros pedestres. Pessoas sozinhas e em locais vazios são mais fáceis de atacar.

Ao chegar em casa, antes de abrir o portão, olhe bem ao redor e se vir algo ou alguém suspeito, passe reto, dê uma volta ou procure ajuda. Isso vale para quem está a pé ou de carro. No trânsito, evite também andar com os vidros totalmente abertos e nunca deixe a bolsa ou outros objetos no banco do passageiro, nem em outro local que fique a vista. O recomendado é que deixe embaixo do banco ou no porta-malas.

Fonte: Hiper Feminina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opnião